Consultório (19) 3231-1954 / 3231-2886 / 3234-9915 contato@marianazorron.com.br

Alimentação saudável na adolescência (10 a 20 anos)

Essa fase tem a peculiaridade de compreender o desenvolvimento e estirão puberal, com profundas mudanças tanto físicas quanto psicológicas. Há maior demanda por nutrientes específicos, o que torna a necessidade energética aumentada.

Devido a uma maior preocupação com a imagem corporal e com a opinião de terceiros, estão sujeitos a transtornos alimentares, muitas vezes se submetendo a dietas restritivas e hipocalóricas ou ao uso inadvertido de suplementos/anabolizantes que poderão afetar todo o resto de suas vidas.

A alimentação inadequada nesta faixa etária pode acarretar risco imediato ou a longo prazo de doenças crônicas não transmissíveis (ex. hipertensão, obesidade, diabetes, etc.).

Seguem abaixo algumas orientações quanto a nutrição saudável nesta fase tão importante e única de desenvolvimento:

  • Ingestão de 3-5 porções de leite e derivados, pois a necessidade de ingestão de cálcio é elevada, devido ao pico de massa óssea que ocorre na adolescência.
  • Não pular refeições.
  • Não substituir refeições por lanches e/ou guloseimas.
  • Estimular o consumo de cereais, vegetais, frutas e legumes.
  • Limitar a ingesta de gorduras e açúcares.
  • Priorizar o consumo de carboidratos complexos ao invés dos simples (ex. arroz integral, açúcar mascavo, etc.).
  • Dieta variada.
  • Estimular a prática de atividade física.