Consultório (19) 3231-1954 / 3231-2886 / 3234-9915 contato@marianazorron.com.br

SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS

img_mz_ovarios

Síndrome dos ovários policísticos é uma doença caracterizada pelo aumento de hormônios sexuais masculinos, irregularidade menstrual (anovulação crônica) e ovários micropolicísticos ao exame de ultrassonografia.

Os sinais e sintomas mais comuns são irregularidade menstrual, hirsutismo (aparecimento de pelos em locais que normalmente não existem na mulher), acne, resistência insulínica e dificuldade de engravidar.

Mais uma vez aqui a mudança no estilo de vida através de uma alimentação saudável e prática de atividade física é importante para o controle da doença. A perda de peso favorece a diminuição dos hormônios masculinos, regularização da função ovulatória, melhora do perfil lipídico e da resistência insulínica.

Mulheres com síndrome dos ovários policísticos têm maior susceptibilidade a desenvolver a denominada síndrome metabólica, caracterizada por hipertensão arterial, obesidade, glicemia alterada e hipercolesterolemia (HDL baixo e LDL aumentado), tornando-se novamente necessária a prevenção através da mudança no estilo de vida.

A gravidez nessas mulheres é possível.

Como a apresentação dessa doença pode se dar de várias maneiras, o tratamento deve ser realizado de forma individual. Além disso, é importante também fazer o diagnóstico diferencial com outras patologias que podem se assemelhar à síndrome dos ovário policísticos.

 

Este material tem objetivo puramente informativo e não isenta a necessidade de consulta a profissional capacitado e habilitado.

Referências bibliográficas:

1. Garcia, F. 10 Coisas Que Você Precisa Saber Sobre a Síndrome dos Ovários Policísticos. Disponível em < http://www.endocrino.org.br/10-coisas-que-voce-precisa-saber-sobre-sindrome-dos-ovarios-policisticos/>. Acesso em: 11 de março de 2014.

2. Moraes, L.A.M., et al. Projeto Diretrizes. Associação Médica Brasileira (AMB), Conselho Federal de Medicina (CFM). Síndrome dos ovários policísticos. São Paulo: AMB/CFM; 2002. Disponível em http://www:amb.org.br/projeto_diretrizes/100-diretrizes/SINDROME.pdf. Acesso em: 11 de março de 2014.

3. A síndrome metabólica. Disponível em < http://www.endocrino.org.br/a-sindrome-metabolica/>. Acesso em: 11 de março de 2014.